Biblioterapia

de desenvolvimento

Quem costuma ler sabe bem como é. Já foi comprovado que os benefícios vão além do entretenimento. Desde as antigas civilizações acreditava-se que a leitura poderia proporcionar alívio às enfermidades. O livro, a leitura, as histórias podem ajudar a nomear e a compreender as nossas emoções. 

Triângulos de papel

Biblioterapia é um procedimento que faz uso de textos, livros e atividades de leitura que buscam promover a regulação emocional. De modo geral, a proposta envolve utilizar livros como instrumentos para melhorar nossa qualidade de vida e auxiliar no tratamento de diversos problemas como, por exemplo, ansiedade, falta de foco , concentração ou depressão.

 

O termo Biblioterapia surge numa junção do grego "Biblion", que significa livro, e "Therapeia", que corresponde à terapia, cura e recuperação.

A escolha dos materiais de leitura é realizada de acordo com as condições de cada pessoa, seus gostos pessoais, seu grau de escolaridade e familiaridade, faixa etária, etc. Podemos utilizar de histórias da tradição oral, contos literários, poesia e poemas e todo o tipo de conteúdo que possibilite um envolvimento com a condição em que o indivíduo estiver atravessando, incentivando uma compreensão mais ampla e aprofundada sobre a sua situação.  Este processo pode ser realizado individualmente ou em grupo.

A Biblioterapia tem o intuito preventivo no sentido de oferecer uma experiência e estimular o desenvolvimento pessoal. É uma atividade, que hoje já se estabeleceu em vários países como o Reino Unido, Portugal, Estados Unidos, Brasil.

Um dos grandes impulsionadores da Biblioterapia foi Alain de Botton ( um dos fundadores da The School of Life — uma organização dedicada à “inteligência emocional”, que oferece aulas e diferentes tipos de terapia).   “Num dos seus vídeos do YouTube, que soma mais de 2,6 milhões de seguidores, é explicado em menos de cinco minutos por que é que a literatura é importante para o ser humano pois dá-nos um leque de emoções e eventos que levaríamos anos, décadas, milénios, para sentir diretamente.” Ou seja, a literatura é um “simulador de realidade” que nos permite de forma segura sentir na pele, por exemplo, como é passar por um divórcio, uma dificuldade, medo e como podemos enfrentá-lo, entre outros temas.

 

 A leitura gera a capacidade de avaliar questões cotidianas com mais clareza, nos ajuda perceber novos modos de perceção de uma situação. A identificação com um personagem pode libertar sentimentos e pensamentos, conduzindo à descoberta de novas formas de agir.

A biblioterapia vale-se, essencialmente, da palavra. E as palavras dos livros, dos contos, poemas e músicas selecionados para a sessão servem de ponto de partida. A história lança uma idéia – o leitor/ouvinte a assimila e, valendo-se de sua liberdade de interpretação, infere novos sentidos ao lido/ouvido.Não basta ler/ouvir e guardar para si as palavras e as emoções que as palavras fizeram aflorar. A troca de interpretações é fundamental no diálogo biblioterapêutico.

Vale lembrar que a Biblioterapia não substitui — nem o pretende fazer — um acompanhamento psicológico, psiquiátrico realizado por um profissional de saúde. Um atendimento em Biblioterapia é uma atividade complementar ligada ao desenvolvimento pessoal e ao autoconhecimento e pode ser realem parceria com profissionais de sáude

 

O Biblioterapeuta é um mediador que conhece profundamente os livros e faz um acompanhamento individual ou em grupo com textos selecionados. No meu caso trabalho com foco na literatura infantojuvenil.

Se tens interesse em agendar uma sessão ou saber mais informações escreva para o meu e-mail e terei todo o gosto em ajudar.

Alguns benefícios que o trabalho bibliterapêutico pode ter :

  • Apoiar na gestão da ansiedade;

  • Promover a expressão de afetos;

  • Identificar e fortalecer aspetos motivacionais;

  • Valorizar o potencial do indivíduo;

  • Contribuir para o conhecimento e o crescimento pessoal;

  • Desenvolver e potenciar a criatividade individual;

  • Apoiar sistemas familiares e promover a interação grupal.

  • Facilita a expressão e a comunicação e permite o contacto com as estruturas internas;

  • Promove a inclusão social quando praticada em grupos;

  • Promover a inclusão digital de pessoas com as sessões de Biblioterapia  on-line;

  • Fortalece o emocional de crianças em idade escolar e o vínculo entre pais e filhos;

  • entre outros benefícios....

Um abraço de contos,

Clara Haddad

Tipos de sessões disponíveis

biblipo bibliotecas (Capa para Facebook) (Foto de capa para Facebook para campanha de arre

Orçamento

Deseja receber sessões de biblioterapia na sua escola ou instituição? Quer fazer sessões individuais mas ainda tem dúvidas? Escreva e obtenha informações e orçamento.

Obrigado pelo envio!